Continue a navegar para aceder aos resultados sugeridos

    A Airbnb.org aloja 50 000 refugiados em fuga da Ucrânia

    Obtenha atualizações sobre as respostas da Airbnb e da Airbnb.org à crise na Ucrânia.
    Por Airbnb em 4 de mar. de 2022
    Vídeo de 2 minutos
    Atualizado em 21 de jun. de 2022

    Consulte este cronograma para obter atualizações frequentes sobre como estamos a apoiar anfitriões e refugiados.

    3 de março
    A Airbnb suspendeu as operações na Rússia e na Bielorrússia
    Isto significa que estamos a bloquear os calendários dos anfitriões de aceitar novas reservas em ambos os países até indicação em contrário. Também restringiremos os hóspedes na Rússia e na Bielorrússia de efetuarem novas reservas.

    Apoiar as pessoas na Ucrânia
    Estamos a envidar esforços para apoiar os membros da nossa comunidade na Ucrânia que permanecem no país. A Airbnb está a renunciar temporariamente às taxas de anfitrião e hóspede em novas reservas na Ucrânia. Também implementámos a nossa política de circunstâncias atenuantes na Ucrânia, para que anfitriões e hóspedes possam cancelar sem penalizações em reservas qualificadas.

    2 de março
    Anfitriões que ajudam anfitriões na Ucrânia
    Uma anfitriã em Park City, Utah, teve a ideia de apoiar os anfitriões na Ucrânia reservando e pagando por estadias em casas a quase 6000 milhas de distância – sem intenção de ficar lá alojada – para auxiliar com um estímulo financeiro. Essa anfitriã, Sarah Brown, disse ao programa "Today": "Para mim, era a maneira mais simples de me sentir ligada a uma pessoa, como participante ativa. Parecia ser a coisa certa a fazer." Desde então, outros anfitriões começaram a fazer o mesmo: um pouco de apoio moral e financeiro aos anfitriões no país devastado pela guerra. Pode ver a história da Sarah e participar nas conversas com os anfitriões no Centro da Comunidade.

    Estamos comovidos com a generosidade inspiradora da nossa comunidade neste momento de crise. Nas últimas 48 horas, como dispensámos as nossas taxas para novas reservas, notámos um movimento popular para reservar anúncios da Airbnb na Ucrânia com o objetivo de apoiar anfitriões locais. Em apenas dois dias, pessoas de todo o mundo reservaram mais de 61 000 noites em espaços na Ucrânia, incluindo mais de 34 000 noites reservadas por hóspedes dos EUA.

    1 de março
    Oferecer alojamento de curta duração a até 100 000 refugiados
    Muitos de vocês têm acompanhado os acontecimentos mundiais e têm-se perguntado o que podem fazer para ajudar os refugiados ucranianos. Queremos que saiba que a Airbnb.org se comprometeu a financiar e a facilitar alojamento gratuito de curta duração a até 100 000 refugiados em fuga da Ucrânia. Se quiser participar, pode registar-se para fornecer alojamento de emergência na sua região ou fazer um donativo.

    As informações contidas neste artigo podem ter sido alteradas desde a sua publicação.

    March 1
    Offering short-term housing for up to 100,000 refugees
    Many of you have been following world events and wondering what you can do to help Ukraine refugees. We want to let you know that Airbnb.org has committed to funding and facilitating free, short-term housing for up to 100,000 refugees fleeing Ukraine. If you want to get involved, you can sign up to provide emergency housing in your area or make a donation.

    Information contained in this article may have changed since publication.

    Airbnb
    4 de mar. de 2022
    Esta informação foi útil?