Saltar para o conteúdo
    Continue a navegar para aceder aos resultados sugeridos
    Aproveite ao máximo a procura crescente por estadias mais longas

    Aproveite ao máximo a procura crescente por estadias mais longas

    As estadias de longa duração estão a aumentar; aqui está o que precisa de saber.
    Por Airbnb em 18 de set. de 2020
    Leitura de 4 minutos
    Atualizado em 18 de set. de 2020

    Destaques

    • As pesquisas por estadias de longa duração aumentaram desde o ano passado

    • Mais anfitriões estão a oferecer estadias de longa duração para ajudar a encontrar novas formas de ganhar, reduzir a sua carga de trabalho e satisfazer a procura dos hóspedes

    • Estão disponíveis novas ferramentas para o ajudar a começar a hospedar estadias prolongadas

    O panorama das viagens mudou drasticamente: o trabalho e a escola remotos são a nova norma, e muitas pessoas estão a escolher viver, trabalhar e aprender temporariamente em diferentes regiões. Como resultado, muitos anfitriões estão a atualizar o seu anúncio para permitir estadias mais longas de 28 noites ou mais.

    Leia mais para descobrir se hospedar uma estadia de longa duração é ideal para si:

    Aproveite uma tendência crescente

    Devido às mudanças nas tendências de viagens, não é nenhuma surpresa que as estadias de longa duração estejam em crescimento. Em agosto, o número de pessoas que procuraram estadias mais longas aumentou mais de 50% em comparação com o ano passado*, e muitos anfitriões que tiveram um declínio nas reservas devido ao COVID-19 usaram as estadias mais longas como uma forma estratégica de continuar a hospedar. Mais de 80% dos anfitriões da Airbnb aceitam estadias de longa duração** e a Airbnb introduziu recentemente uma nova secção dedicada a "estadias prolongadas" para os hóspedes encontrarem os anúncios certos para as suas necessidades.

    Evan, um Superhost em Charlotte, Carolina do Norte, notou um aumento nas estadias mais longas nos últimos meses, o que o ajudou a continuar a hospedar em tempos incertos.

    "Não sei se teríamos conseguido passar pelo COVID-19 sem ter estadias de longa duração", diz Evan. "Conseguimos cobrir mais do que despesas numa altura em que era incerto se seríamos capazes de equilibrar as contas. Até que as coisas se tornem mais normais, tenho de me manter no negócio, por isso agora prefiro estadias mais longas e ocupação mais alta; é uma maneira fiável de me manter à tona."

    Cobrir o básico

    É relativamente fácil começar a permitir estadias de longa duração ao ajustar a duração máxima da estadia nas suas configurações. Como os hóspedes vão ficar mais tempo, recomenda-se que o seu espaço inclua uma cozinha, acesso Wi-Fi e outros itens essenciais (como papel higiénico, sabonete, toalhas, roupa de cama e almofadas). Também é aconselhável mencionar que aceita estadias mais longas na descrição, juntamente com a velocidade do Wi-Fi, a sua política relativamente a animais de estimação e as descrições detalhadas dos quartos e camas.

    Considere descontos mensais

    Os hóspedes que estão a reservar estadias mais longas normalmente procuram anúncios que ofereçam descontos. Reduzir o preço por noite do seu anúncio pode parecer contra-intuitivo, mas se a sua média de desocupação for de 20% (por exemplo, tiver reservas para 24 dias por mês), um desconto de 20% para estadias mais longas ajuda-o a ganhar um valor semelhante com uma única estadia. A partir de março de 2020, cerca de metade de todos os anúncios globais oferecem descontos para estadias de um mês ou mais, e aqueles que o fazem são destacados por isso.

    Poupe tempo e dinheiro

    Nos últimos meses, Laurie, uma Superhost perto de Salt Lake City, Utah, também notou uma procura crescente por estadias mais longas porque "as pessoas estão a trabalhar em casa e percebem que podem sair e trabalhar a partir de outro lugar."

    Hospedar estadias mais longas ajuda Laurie a poupar tempo na limpeza, comunicar com os hóspedes e trabalhar em tarefas administrativas: "Gastamos muito mais tempo e dinheiro na limpeza durante o COVID-19, por isso as estadias mais longas ajudam a reduzir isso. Também gerimos o anúncio nós próprios, por isso é bom não termos de nos preocupar em fazer com que a unidade seja entregue com a mesma frequência, especialmente enquanto viajamos ou estamos de férias."

    Planeie com antecedência para manter o seu espaço

    Laurie menciona que as estadias mais longas também podem ter implicações na manutenção e utilização do seu espaço, algo que outros anfitriões devem ter em conta nas suas decisões de hospedagem. "Os hóspedes que estão aqui a longo prazo vivem mesmo na casa, cozinham as suas refeições e passam tempo lá, e isso pode levar a um desgaste adicional", diz Laurie.

    Embora os hóspedes de mais longa duração possam usar o seu espaço de forma diferente, Evan descobriu que podem ser um pouco mais indulgentes: "No geral, é muito menos gestão e os clientes requerem menos manutenção. Os hóspedes a longo prazo têm mais paciência e mais graciosidade se as coisas correrem mal."

    Forme ligações com os hóspedes

    Outra vantagem menos óbvia de hospedar estadias mais longas, diz Laurie, é a capacidade de interagir com os hóspedes (mesmo que seja de uma maneira socialmente distante). "Temos mais uma oportunidade de conhecer os nossos hóspedes, o que é gratificante e geralmente ajuda a melhorar as nossas avaliações."

    Comece a oferecer estadias de longa duração

    Se estiver interessado em disponibilizar o seu espaço para estadias de longa duração, existem várias estratégias e novas ferramentas para o ajudar a começar, incluindo:

    • Uma ferramenta de configuração no separador dos seus anúncios (atualmente não disponível na aplicação Airbnb)
    • Uma secção dedicada de estadias prolongadas para os hóspedes ajudarem o seu anúncio a destacar-se. Saiba mais

    *Com base em dados globais internos da Airbnb, comparando o número de pesquisadores que inseriram datas de 28 noites ou mais de 1 de agosto de 2020 a 31 de agosto de 2020 em relação ao mesmo mês em 2019.
    **Com base em dados globais internos da Airbnb a 30 de março de 2020.

    As informações contidas neste artigo podem ter sido alteradas desde a sua publicação.

    Destaques

    • As pesquisas por estadias de longa duração aumentaram desde o ano passado

    • Mais anfitriões estão a oferecer estadias de longa duração para ajudar a encontrar novas formas de ganhar, reduzir a sua carga de trabalho e satisfazer a procura dos hóspedes

    • Estão disponíveis novas ferramentas para o ajudar a começar a hospedar estadias prolongadas

    Airbnb
    18 de set. de 2020
    Esta informação foi útil?