Continue a navegar para aceder aos resultados sugeridos

    Como um bairro em Roma acolheu um refugiado na sua nova casa

    Uma anfitriã e os seus vizinhos ajudaram um recém-chegado a adaptar-se depois de se ter mudado do Mali.
    Por Airbnb em 2 de jul. de 2018
    Leitura de 2 minutos
    Atualizado em 22 de mar. de 2022

    Destaques

    • Como belga a viver em Roma, Els quis pagar a hospitalidade italiana que ela própria já recebeu

    • Através do programa Open Homes da Airbnb, foi contactada para acolher Fode, um jovem a quem foi recentemente concedido o estatuto de refugiado

    • Ao longo da sua estadia, Fode e Els passaram de estranhos a familiares

    O programa Open Homes é agora a Airbnb.org

    O programa Open Homes da Airbnb evoluiu para a Airbnb.org, uma nova organização sem fins lucrativos 501(c)(3). Obrigado por criar a comunidade Open Homes connosco. Estamos muito felizes por vê-lo fazer parte deste novo capítulo.

    Quando Els, Superhost em Roma, leu sobre o programa Open Homes na Airbnb, ficou intrigada e decidiu inscrever-se. Já tinha acolhido viajantes de todo o mundo em sua casa, mas sabia que oferecer alojamento temporário a refugiados enquanto estes se instalam nas suas novas comunidades seria uma experiência especial de acolhimento.

    Quando a Refugees Welcome Italia contactou Els sobre acolher Fode, um jovem do Mali, África Ocidental, a quem foi recentemente concedido o estatuto de refugiado, ficou entusiasmada com a oportunidade de ter um impacto positivo na vida de alguém. A experiência acabou por ser transformadora para ambos.

    Els já acolheu hóspedes de todo o mundo

    Els sentiu-se nervosa e entusiasmada em acolher Fode. Como belga a viver em Roma, sabia como era começar uma nova vida num lugar estranho, e queria pagar a hospitalidade italiana que recebeu. Com a ajuda de Sara, uma funcionária do Refugees Welcome Italia, estava preparada para o que esperar e sabia que Sara estaria lá para a apoiar a cada passo.

    Sara da Refugees Welcome junta-se a Fode, Els, e aos seus vizinhos para um jantar ao ar livre

    Quando Els conheceu Fode, formaram um laço. Fode tem a mesma idade que o filho de Els, e ela sentiu um "instinto maternal" para com ele quando este partilhou a sua história com ela. Ao longo da estadia de Fode, passaram de estranhos a familiares. Os seus vizinhos também passaram a fazer parte da vida de Fode. Tal como acolheram Els quando ela se mudou da Bélgica pela primeira vez, mostraram a mesma hospitalidade e amor por Fode. Quando a Els não estava por perto, Fode passava frequentemente tempo com os vizinhos de cima a provar pratos italianos e a aprender mais sobre as culturas uns dos outros.

    Fode diz que viver com Els foi a maior felicidade que tinha sentido desde que chegou a Itália. Ficou surpreendido por ter todos estes italianos a cuidar dele, não porque fossem obrigados a fazê-lo, mas porque o queriam fazer. Começar uma nova vida é assustador, mas a gentileza de outra pessoa pode fazer toda a diferença. Esta experiência criou um impacto duradouro tanto em Els como em Fode.

    Els e Fode preparam uma refeição com os seus vizinhos

    Junte-se a uma comunidade em crescimento que desbloqueia o poder da partilha durante os momentos de necessidade.

    Sobre a Refugees Welcome Italia

    A Refugees Welcome Italia (RWI) é uma organização sem fins lucrativos que tem uma parceria com o programa Open Homes da Airbnb. A RWI foi fundada em dezembro de 2015 como parte da rede internacional Refugees Welcome para ligar refugiados a pessoas locais (famílias, casais, indivíduos) que os queiram acolher temporariamente.

    A informação contida neste artigo pode ter sido alterada desde a sua publicação.

    Destaques

    • Como belga a viver em Roma, Els quis pagar a hospitalidade italiana que ela própria já recebeu

    • Através do programa Open Homes da Airbnb, foi contactada para acolher Fode, um jovem a quem foi recentemente concedido o estatuto de refugiado

    • Ao longo da sua estadia, Fode e Els passaram de estranhos a familiares

    Airbnb
    2 de jul. de 2018
    Esta informação foi útil?