Saltar para o conteúdo
    Continue a navegar para aceder aos resultados sugeridos
    Como dois Superhosts estão a abraçar o alojamento virtual

    Como dois Superhosts estão a abraçar o alojamento virtual

    Desde biscoitos entregues por estafeta a saudações em vídeo, estes anfitriões estão a ficar criativos.
    Por Airbnb em 8 de jul. de 2020
    Leitura de 5 minutos
    Atualizado em 16 de jul. de 2020

    Destaques

    • Dois Superhosts na Cidade do México partilham como estão a atualizar as suas rotinas para hospedar virtualmente

    • Enviarão cópias digitais dos manuais da casa, guias e outras informações aos hóspedes

    • Ambos os anfitriões experimentarão novas ideias socialmente distantes, como saudações personalizadas em vídeo e biscoitos entregues por estafeta

    À medida que são retomadas as viagens, muitos anfitriões estão a definir estratégias sobre a melhor forma de receber hóspedes novamente. As coisas de que os hóspedes e anfitriões precisam para se sentirem confortáveis estão a mudar, por isso conversámos com dois Superhosts na Cidade do México para compreender como planeiam hospedar após o confinamento.

    A Superhost Alessandra gere o La Palomilla, uma pousada de sete quartos e um anúncio Airbnb Plus no bairro La Roma. Cerca de onze km a sul, o Superhost Omar tem dois apartamentos coloridos na zona de Coyoacán, onde Frida Kahlo nasceu. Nenhum deles hospeda desde março, quando o governo fechou a cidade.

    Para se prepararem para estadias futuras, têm estado ocupados a adaptar as suas estratégias de hospedagem. À medida que reflete sobre a sua própria estratégia, aqui estão oito ideias para considerar integrar na sua rotina de hospedagem:

    Forneça opções de check-in para os seus hóspedes e comunique muito

    Quando um hóspede reserva um quarto, Alessandra entra em contacto com ele para saber de onde está a viajar e a que horas chegará. Se a hóspede preferir fazer o check-in autónomo, "temos um código de acesso", diz ela.

    Alessandra pretende continuar a confiar nas mensagens da Airbnb ou noutras aplicações de mensagens para comunicar com os hóspedes antes e durante a estadia, com uma alteração evidente. "Vamos aumentar a comunicação através de SMS e da plataforma [Airbnb], para que sintam que é uma experiência mais próxima e não se sintam abandonados", diz ela.

    Dica: atualizar os seus modelos de mensagens pré-gravadas pode ajudá-lo a responder aos hóspedes mais rapidamente.

    Grave uma saudação personalizada em vídeo

    Omar também já oferece check-in autónomo, mas está pronto para experimentar novas formas de hospedar virtualmente. Ele diz que está a planear gravar uma saudação personalizada em vídeo para cada hóspede receber quando fizer o check-in, algo como: "Bem-vindo! Somos os vossos anfitriões, Omar e Silvia [a minha esposa]. Esperamos que se divirtam. Sabemos que é um momento difícil, e agradecemos que esteja aqui connosco."

    Agradeça com charme, mas não necessariamente cara a cara

    Os nossos melhores anfitriões sabem que parte da experiência da Airbnb é receber os hóspedes à chegada, mas também compreendem que é mais importante manter o distanciamento físico nesta altura. Por isso, Alessandra e Omar estão a encontrar novas formas de agradecer aos seus hóspedes. Por exemplo, quando os hóspedes chegam, "em vez de lhes darmos biscoitos na sala de jantar, vamos deixá-los nos quartos", diz Alessandra.

    "Anteriormente, adorava dar aos hóspedes um presente de despedida", diz Omar. "Um amigo meu faz deliciosos biscoitos de milho azul." Era ele próprio quem os entregava, normalmente no último dia da estadia de um hóspede. "Vai mudar um pouco", diz ele. "Enviarei os biscoitos por estafeta ou correio. Quero continuar a fazê-los felizes."

    Partilhe o seu guia, o manual da casa e outras informações digitalmente

    Como Alessandra e Omar removeram as cópias impressas dos manuais da casa dos seus espaços, agora enviam sempre versões digitais. "Assim que recebo uma reserva, envio imediatamente aos hóspedes o guia e o manual da casa aos hóspedes", diz Omar.

    Alessandra faz o mesmo: "Fizemos um PDF [do manual da casa], que enviamos aos hóspedes assim que fazem uma reserva." Também editou o seu site para refletir as suas próprias precauções de segurança, incluindo a higienização das chaves do quarto e a remoção de itens desnecessários dos quartos, como almofadas decorativas e blocos de notas. Quando recebe uma reserva, "Envio aos hóspedes a ligação para as medidas [COVID-19] que estamos a tomar para que estejam tranquilos", diz ela.

    Transforme a sua cesta de boas-vindas num kit de limpeza

    Omar está a renovar os seus presentes para os hóspedes. "Costumava deixar-lhes uma cesta de boas-vindas com fruta fresca, chocolates e rebuçados mexicanos", diz ele. "Agora, esta cesta vai transformar-se num kit de limpeza para cada um dos hóspedes." Em cada kit, incluirá "algumas máscaras, um par de pequenos frascos de desinfetante para as mãos, luvas" e itens similares.

    Omar também deixará uma garrafa maior de desinfetante para as mãos para os hóspedes no apartamento e informá-los-á sobre onde encontrar os materiais de limpeza. "Trata-se de criar a confiança necessária para se sentirem em casa", diz ele. Alessandra também fornece desinfetante para as mãos na zona de receção, bem como em cada quarto e casa de banho.

    Considere atualizar o seu protocolo de higienização e partilhe-o com os seus hóspedes

    Para limpar e higienizar adequadamente os seus espaços, Omar e Alessandra dizem que vão deixar um espaço de tempo entre hóspedes. "O meu plano é preparar um manual de limpeza... totalmente alinhado com o que a Airbnb acabou de publicar", diz Omar. Alessandra já se comprometeu com o nosso protocolo de higienização e Omar planeia fazer o mesmo.

    Alessandra também está empenhada em manter um padrão mais elevado de limpeza. "Temos um serviço de rotatividade de um dia entre um hóspede e o seguinte", diz Alessandra, "para que o quarto seja completamente ventilado" antes de limpar e higienizar.

    Dica: se assumir o nosso compromisso do protocolo avançado de higienização, não se esqueça de deixar um resumo de limpeza para os hóspedes, ou partilhá-lo digitalmente.

    Forneça muitas recomendações ao ar livre no seu guia

    Anteriormente, os guias de Omar e Alessandra destacavam restaurantes, compras e outras sugestões que não são tão relevantes agora. Alessandra atualizou o seu guia para recomendar atividades diferentes.

    "Estamos definitivamente a pensar encaminhá-los para mais aventuras ao ar livre", diz ela. Sugere que os hóspedes visitem Xochimilco ("a Veneza mexicana", diz ela) ou vão às pirâmides, acrescentando que ela irá lembrar os hóspedes de "levar [desinfetante para as mãos] extra, levar a garrafa do quarto, usar uma máscara e levar luvas."

    Omar também está a modificar o seu guia para incluir restaurantes que ofereçam refeições para levar ou entregas. À medida que as refeições ao ar livre recomeçam, adicionará também essas opções.

    Abrace a tecnologia

    No que diz respeito a hospedagem virtual, Omar tem grandes planos. Como removeu a cópia impressa do seu manual da casa, vai "automatizar a forma como os hóspedes entram na rede Wi-Fi", deixando códigos QR para os hóspedes poderem ligar-se à rede Wi-Fi automaticamente. As alterações não acabam aí: ele quer "implementar códigos QR para todas as comodidades que temos."

    Por exemplo, planeia imprimir códigos QR com instruções para coisas como usar a máquina de lavar e abrir o sofá-cama. Até pretende deixar um código QR para os hóspedes consultarem o seu manual da casa digital.

    Omar e Alessandra dizem que continuam esperançosos que viajar, e a vida no geral, voltarão ao normal em breve. Até lá, cada um deles dedica-se a oferecer o mesmo elevado nível de hospitalidade que sempre tiveram, enquanto usam máscara e luvas.

    "As coisas estão a mudar", diz Omar. Mas continua positivo sobre repensar a forma como hospeda: "É apenas uma questão de adaptação e aceitação."

    As informações contidas neste artigo podem ter sido alteradas desde a sua publicação.

    Destaques

    • Dois Superhosts na Cidade do México partilham como estão a atualizar as suas rotinas para hospedar virtualmente

    • Enviarão cópias digitais dos manuais da casa, guias e outras informações aos hóspedes

    • Ambos os anfitriões experimentarão novas ideias socialmente distantes, como saudações personalizadas em vídeo e biscoitos entregues por estafeta

    Airbnb
    8 de jul. de 2020
    Esta informação foi útil?