Saltar para o conteúdo
    Continue a navegar para aceder aos resultados sugeridos
    Design sem gastar muito: dicas da Superhost Huma

    Design sem gastar muito: dicas da Superhost Huma

    Uma editora de moda e Superhost divulga os seus segredos de poupança de dinheiro.
    Por Airbnb em 9 de abr de 2019
    Leitura de 4 minutos
    Atualizado em 5 de mar de 2020

    Situada no distrito de Stockwell, no sul de Londres, existe uma casa vitoriana verde-clara com uma porta rosa-framboesa. Empurre a maçaneta de bronze no centro da porta, suba uma escadaria antiga e verá a luz do sol a espalhar-se sobre uma cama vintage, situada num piso de madeira de tábuas largas e encostada a paredes azul-turquesa arrojadas. Bem-vindo à casa da Superhost Huma, uma casa histórica com quatro quartos e repleta de comodidades modernas.

    "É uma sinfonia de estética deslumbrante", disse Mimi, de Viena, Áustria, apenas um dos muitos hóspedes que comentaram o estilo e decoração de Huma. "Cada pequeno detalhe é tão bem pensado, e cada peça de mobiliário tem a sua pequena história para contar."

    Ao olhar para o cuidado que Huma teve na decoração, pode não perceber à primeira vista que ela não tem formação formal em design de interiores, apenas uma paixão pelo design de casas e o desejo de cultivá-la através da hospedagem.

    A Superhost interrompeu momentaneamente a pintura de uma estante para partilhar como começou a hospedar, dicas para renovar uma casa antiga com um orçamento limitado e como equilibra a hospedagem com um emprego a tempo inteiro como editora de uma revista.

    Tudo na sua casa é tão encantador e bem concebido. Baseou-se na sua experiência como editora?
    "Trabalho como editora de uma revista de moda independente. Mas interesso-me por interiores há muito tempo, muito antes de começar a trabalhar em revistas. Comecei a colecionar coisas para a minha primeira casa antes de a ter. Adoro coisas aleatórias, como talheres, e devoro revistas de interiores. Foi tudo em busca de como decoraria a minha primeira casa."

    E depois decidiu canalizar isto para a hospedagem na Airbnb?
    "Bem, quando me juntei inicialmente foi em 2012, estavam a decorrer os Jogos Olímpicos, e todos falavam sobre quanto dinheiro se podia ganhar. Não planeava fazer uma fortuna, só preencher uma lacuna. Estava entre inquilinos e a vender o meu apartamento na altura. Foi apenas em 2016 que comecei a hospedar na minha própria casa. Antes disso, tive colegas de casa e decidi dar uma oportunidade à Airbnb com apenas um dos quartos. Pensei que seria temporário mas, um a um, comecei a preencher os quartos. Desde que o meu último colega de casa saiu no verão passado, os três quartos estão na Airbnb. Não havia plano, apenas evoluiu naturalmente e ganhou vida própria."

    Fale-nos sobre a renovação da sua casa. Parece um grande projeto.
    "Esta casa tem sido uma grande renovação. Não quero saber quanto gastei nela, mas a coisa mais cara foi a mão-de-obra: construtores, canalizadores, estucadores e outras coisas que não consigo fazer sozinha. Em termos de decoração, gastei muito menos dinheiro do que as pessoas possam pensar. Sou obcecada por pechinchas. Raramente pago o preço total de venda por alguma coisa. Muito do meu mobiliário é vintage, e encontro-o a preços muito baixos no eBay. Alguns itens foram de graça porque simplesmente encontrei-os. Como quando estava a visitar o meu irmão, vi uma cadeira e gritei: 'Para o carro!' A forma da cadeira era muito bonita, e não estava infestada, temos sempre de verificar! Por isso, podia pintá-la. Posso transformar uma peça desgastada, desde que tenha uma boa estrutura."

    Acha que toda a sua procura por pechinchas e pinturas valeram a pena?
    "Ah sim, acho que a principal razão para as pessoas reservarem o meu espaço é pelo aspeto dele, pelos interiores. Realmente reparam nisso e comentam-no"

    Tem alguma dica para anfitriões que queiram redecorar, mas que possam sentir que o tempo ou o investimento financeiro é demasiado elevado?
    "Em primeiro lugar, a maneira mais barata de modificar uma divisão é pintá-la. Com o impacto face ao custo, pode-se fazer muito com tinta. Pessoalmente, acho que a tinta branca é uma má escolha. A menos que tenha um espaço industrial do tipo loft, é fria, desinteressante e vai ficar muito suja rapidamente. A cor que mais uso é o cinzento. Consegue-se obter aquele pano de fundo neutro que combina com qualquer coisa, mas que é mais sofisticado do que o branco e não começa a parecer sujo tão rapidamente. Um cinzento-claro é uma boa opção para as pessoas experimentarem se não estiverem habituadas a usar cores, porque combina com praticamente tudo."

    Como consegue equilibrar o seu trabalho a tempo inteiro com a hospedagem?
    "Trabalho a partir de casa na maioria dos dias, o que realmente me permite a flexibilidade para hospedar. Se tivesse de estar num escritório o dia todo, acho que não conseguiria fazer isto. Tenho os dois ecrãs abertos e entro e saio da minha gestão e correspondência da Airbnb e do meu trabalho na revista. Nem sempre posso responder imediatamente, mas na maior parte das vezes respondo dentro de 30 minutos e os hóspedes geralmente ficam bastante impressionados e apreciam-no. Para não estar constantemente a olhar para o ecrã do computador, recebo notificações pela aplicação da Airbnb.

    "De manhã, quando tomo o meu café, certifico-me de que estou a par de tudo para poder planear o resto do meu dia. Mas tenho de estar sempre atenta, organizada, e pensar sobre o que tenho de limpar e preparar primeiro. O quarto vem sempre em primeiro lugar. A última coisa que queremos é que o quarto esteja apenas semi-pronto quando o hóspede chegar. Depois passo para as casas de banho."

    Quer acrescentar alguma coisa?
    "No início, costumava preocupar-me se algum mês estivesse um pouco mais calmo em termos de reservas, mas aprendi a estar mais relaxada quanto a isso. Se estivermos a fazer o nosso melhor, então as reservas irão chegar. Tenha confiança e fé no seu produto. Ah, e prepare-se para limpar e lavar roupa como nunca antes."

    Airbnb
    9 de abr de 2019
    Esta informação foi útil?